segunda-feira, 26 de maio de 2014

Músico atingido por tiro dentro do " Quartel do Chopp"


Autor dos disparos sacou a arma quando estava sendo detido por policiais
 Carlos Grevi

Autor dos disparos sacou a arma quando estava sendo detido por policiais

Um grande susto, correria, tiroteio e dois baleados já nos primeiros minutos da madrugada desta segunda-feira (27/05), em uma casa noturna no final da Avenida Pelinca, em Campos, durante um show da Banda Zona Sul.
Uma das pessoas baleadas foi o violonista da banda Diego Tavares, que atingido no pé foi levado para o Hospital Ferreira Machado (HFM). O segundo foi o autor dos disparos que estava sendo procurado pela Polícia.
Tudo começou quando viaturas da Polícia Militar chegaram ao local no intuito de localizar um homem que estava no interior da casa de show. Segundo informações de uma pessoa que estava no local, no momento em que o suspeito foi identificado e estava sendo algemado pelos policiais, ele teria conseguido sacar uma arma e disparado duas vezes, atingindo o músico Diego, que estava no palco. 
Neste momento a correria foi grande e o desespero tomou conta de todos dentro da casa. Os policiais militares revidaram e o autor dos disparos foi atingido no ombro antes de ser detido.
O músico foi levado para o HFM, onde foi submetido a cirurgia e passa bem. A policia ainda não informou o motivo pelo qual o suspeito estava sendo procurado.
A ocorrência foi registrada na 134ª Delegacia Legal do Centro. 
Na delegacia, os policiais militares que participaram da ocorrência informaram à equipe do SITE URURAU que receberam uma ordem do comando para não repassar nenhuma informação sobre o ocorrido.
A delegada adjunta da 134ª DL, Nathália Patrão, também não quis se pronunciar sobre o caso.
O comandante do 8ª Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Campos, tenente-coronel Antônio Carlos Sabino, informou que os policiais foram ao local averiguar uma denúncia.
“Foi uma denúncia anônima de que um homem que praticou uma tentativa de homicídio no km 8, em Travessão estaria dentro da boate e junto com ele tinha mais um homem que tinha um mandado de prisão em aberto, mas eu não sei de que”, disse o comandante.
Ainda de acordo com o comandante, o crime teria acontecido horas antes da confusão na casa de show.
Sobre o disparo efetuado, o comandante disse que a arma de um dos policiais sumiu e não sabia informar se o disparo foi da arma do suspeito ou do policial.
Os suspeitos não tiveram as identidades reveladas.
Fonte: Ururau

Direção do "Quartel do Chopp" emite nota de esclarecimento

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A direção do Quartel do Chopp vem a público esclarecer que todas as pessoas que frequentam o local em dias de evento, são devidamente revistadas por uma equipe preparada de seguranças. No local, existe um departamento para acautelamento de armas de fogo. As armas ficam sob a responsabilidade de policiais preparados que atuam no local auxiliando a segurança.

Sobre o fato lamentável que aconteceu na madrugada desta segunda-feira(26), a Direção informa que ninguém entrou na Casa de Shows portando armas e que o disparo só aconteceu depois que cinco policiais militares fardados e munidos entraram no estabelecimento sem mandado judicial.

Reforçando o fato de que ninguém teria entrado no local armado, nenhuma arma foi encontrada e, até o momento, o que se sabe é que a arma do policial militar está desaparecida. O Quartel do Chopp, reforça que trabalha há mais de dois anos com eventos e que nunca um caso como esse foi registrado em suas dependências.

Os proprietários do Quartel do Chopp garantem aos clientes que o fato foi atípico e que os eventos continuarão sendo realizados com a total segurança que sempre foi garantida aos freqüentadores do local. 

Atenciosamente, a direção.

Fonte: blog do Cláudio Andrade

Nenhum comentário: